X
Menu
X

Ser Cadete

SER CADETE

é

  • Ter disponibilidade total para servir a Nação. O desempenho desta missão exigirá do cidadão angolano que é agora cadete, inteligência, vontade, esforço, coragem física e moral, tempo, disciplina, subordinação consciente, preparação e sacrifício.
  • Ter formação integral (Militar, académico-científica, ética/moral e deontológica), gradativa e contínua, pelo que para além da preparação técnico­científica, deve possuir capacidades para estabelecer e manter a comunicação com os outros; para trabalhar em grupo; para o sentido da responsabilidade; para ter iniciativa; para a tomada de decisões e assunção de riscos; ter espírito profissional, sentido ético de competição e de serviço à comunidade.
  • Também é desenvolver uma carreira, que se quer profissional e socialmente prestigiada, assente em três pilares fundamentais: Ética, Moral e Competência Profissional.
  • Desenvolver uma sólida formação comportamental, assente num saudável patriotismo, ajustada às realidades da sociedade que o envolve e à qual pertence, sem prescindir das suas convicções, para o qual deve ter um conhecimento perfeito da nossa terra, do nosso povo e, sobretudo, da história de Angola, que é condição essencial para se ser um óptimo Oficial.

hino

«0 Pátria, nunca mais esqueceremos
os heróis de quatro de Fevereiro.
0 Pátria, nós saudamos os teus filhos
Tombados pela nossa lndependência (...)
Orgulhosos lutaremos pela paz,
Com as forças progressistas do mundo (...)
Um só povo, uma só Nação!»

Não é por acaso que o «Angola avante», o nosso hino, se começa evocando os nossos heróis e termina no presente através da unidade da nação que juramos defender.

No âmbito dos seus deveres escolares, os cadetes devem observar uma conduta que tenha sempre presente os ditames da honra, da dignidade e do prestígio das Forças Armadas. Nortear o seu comportamento pelo Código de Honra do Cadete de que se compromete voluntariamente a seguir, como guia deontológico, no seu compromisso de honra.

Dedicar ao estudo e actividades escolares toda a sua inteligência, capacidades, vontade e zelo, a fim de obter a formação indispensável à sua carreira militar. Conhecer e viver os preceitos de ética militar, fazer deles o seu amigo de peito.

Ser Cadete é o processo de educação de carácter, é o desenvolvimento intelectual e físico, é o sonho de querer ser Oficial das Forças Armadas Angolanas

TESTEMUNHOS
Neyde Calado /
Adalberta Pereira /
Lizandro de Pina /
Raimundo Barbosa /

Neyde Calado /

Cadete

«O ISTM é o único Instituto das Forças Armadas Angolanas que visa formar quadros nos cursos de Engenharia e Medicina. Quanto a mim, a Pátria e em particular as FAA devem esperar uma boa médica[...]

Adalberta Pereira /

Cadete

«Esta Instituição tem como objectivo formar quadros nos ramos de Engenharia e Medicina. A Nação Angolana deve esperar de mim uma boa engenheira e boa militar para defender a pátria em território Nacional.»

Lizandro de Pina /

Cadete

«Sinto-me bastante feliz por estar em Angola a frequentar o curso de medicina. Temos boas relações com os nossos irmãos angolanos e moçambicanos. O meu país deve esperar de mim um bom médico capaz de[...]

Raimundo Barbosa /

Cadete

«Espero que o Instituto desenvolva cada vez mais para continuar a formar quadros capazes de satisfazer as necessidades nos ramos da medicina e engenharia. Devo agradecer ao governo do meu país por me garantir esta[...]